Total de visualizações de página

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

A menina e o beija-flôr


Ela era uma menina ainda
Nada sabia sobre o amor
Despontava para a vida
Como um botão de flor

Pura,sem conhecer ainda
Todos segredos do amor
Sensação jamais sentida
Quando viu um beija-flor
Voando pela relva florida
Sentiu o mais puro amor
Que aflorava em sua vida

Apaixonou-se pelo beija-flor
O que mais desejava na vida
Era transformar-se em flor
E ter o beijo do beija-flor!

Mas tudo passa na vida
Um impossível sonho de amor
Agora mulher amadurecida
Desvendou os segredos do amor
Segue seu rumo real na vida
Fica o encanto por um beija-flor!
(Siby)

domingo, 19 de dezembro de 2010

Caixinha de recordações



Uma grata e linda recordação
Ou alguma coisa muito querida
Não cabe sómente no coração

Para não deixar esquecida
Há uma caixinha de recordação
Assim, nada se esquece na vida
Ali se guarda relíquia de emoção
Pequeninos pedaços de vida

Tem poema e letra de canção
Aquela carta muito relida
Belas conchinhas de recordação
Daquela praia não esquecida

Caixinha é ajudante do coração
Pois guarda pedaços de vida
Sentimentos, quem guarda é o coração!

(Siby)

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Pensamento


As flores silvestres tem o privilégio da liberdade, podendo alastrar-se sobre a terra, embelezando e perfumando, formando imensos tapetes coloridos, presentes da natureza. (Siby)

sábado, 11 de dezembro de 2010

Falando de flores





Crescem variadas e lindas flores
Nos campos e nos jardins da cidade
São flores de todas as cores
Com sua singeleza ou raridade
Inspiração de poetas e pintores

Também representam muita felicidade
Quando enviadas para amores
Também para demonstrar amizade
Encantam, atraem os olhares

Nas perdas, na infelicidade
Confortam e suavizam as dores
Oferecidas com toda docilidade
Perfumadas, embelezam todos os lugares!

(Siby)



sábado, 4 de dezembro de 2010

Pensamento


Formosa lua, a tua beleza se ostenta com a luz do sol. No céu tu és a namorada do sol, na terra tu és a lua dos namorados. (Siby)



A lua e eu






Em uma noite de solidão
Um belo luar iluminava
Olhando essa imensidão
Eu perguntei como estava
Se também sofria de solidão
Muito mais se iluminava
Parecia tocar meu coração
Dizendo que feliz estava
Tinha uma grande missão
Mesmo de longe tocava
Com a sua luz, lindo clarão
De quem tanto precisava!

(Siby)



RECEBA AS FLORES QUE LHE DOU com Nilton Cesar

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Pensamento


Dar uma flor sempre tem um significado diferente e especial, é a esperança de quem dá, que ela transmita o que o coração sente. (Siby)

domingo, 28 de novembro de 2010

Para você, uma flor



Por toda forma de carinho
Agradeço com uma linda flor
A quem cruzar o meu caminho
Seja você como e quem for
Basta ter deixado um tantinho
De amizade, carinho ou amor
Ofereço a mais bela flor

Quando ficar só no raminho
Despetalada a mimosa flor
Pétalas caídas no caminho
Elas ainda tem seu esplendor
Ajunte com cuidado cada pedacinho
É um afago ou beijo dado com amor!

(Siby)



sábado, 27 de novembro de 2010

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Como um pássaro



Como um pássaro sem ninho
Em busca de uma pousada
Foi chegando bem mansinho
Sem avisar a sua chegada

No meu coração fez seu ninho
E descansou da revoada
Ajeitou-se com tal carinho
Que me deixou apaixonada

Não era mais ave sem ninho
E eu me senti aconchegada
Sendo como pássaro, faz revoada
Mas sempre volta ao seu ninho!
(Siby)

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Pensamento


O nascimento de todo ser, tem a missão de garantir a continuidade de vida neste lindo planeta azul. (Siby)

domingo, 21 de novembro de 2010

Emoção Maior




Quais são as delicadas sensações
Quando a criança no ventre encolhida
Sente os primeiros toques de atenções
Ouve as vozes, sabe se é querida

Tudo tem seu tempo, suas estações
A folha que cai, a fruta amadurecida
Também o fruto do ventre, entre contrações
Surge para o outro lado da vida

É choro, é riso, são tantas comoções
Fim de espera, felicidade da vinda
É o nascimento a maior das emoções
É a semente do amor que deu luz, a vida!

(Siby)

sábado, 20 de novembro de 2010

Pensamento


Na solidão se encontra o refúgio ideal para um encontro consigo, avaliando-se e certificando-se de que a sua companhia é muito agradável. (Siby)

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Porque amo a solidão



As vezes, eu amo a solidão
Porque nem sempre ela é triste
Ela é amiga, depende da ocasião
Quando a tristeza muito persiste
Em silêncio, ela ouve o coração

Faz-nos pensar em tudo que existe
Nos beijos dados com doce emoção
Momentos em que tudo se reparte
Abraço, afago, muito amor e paixão
Discreta, a solidão fica ausente

Quando chega a dor de quem parte
Volta calada, a amiga solidão
Alguém de longe , de alguma parte
Só deixou a saudade e a recordação
De um grande amor que persiste
Que fez morada em meu coração!
(Siby)



quarta-feira, 17 de novembro de 2010

sábado, 13 de novembro de 2010

Quando te espero, te quero


Preciso dizer quando te quero
Pois também amo a solidão
Te quero quando te espero
Na espera, bate forte o coração
Sinto que tu és tudo que quero
Minha fonte de inspiração

Há muito tempo que me inspiro
Na paz do amor, doce emoção
Nos momentos que te espero
Tudo penso, é um turbilhão
Na tua chegada até suspiro
Explode em festa o coração!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Pensamento


Na solidão se faz a melhor reflexão, pois o silêncio é a essência para a meditação.
(Siby)

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Retalhos de Felicidade


Para comparar a felicidade,
Uma colcha foi a escolhida
Não é de cetim, na verdade,
É de retalhos e ainda inacabada
Mas representa a realidade,
Nestes anos de vida percorrida
São pedacinhos de felicidade,
Retalhos de fazenda colorida
Cada pedacinho é uma saudade,
Bom momento e único na vida
Há sentimentos em variedade,
Lembranças da pessoa amada
Palavras ditas com sinceridade,
Tem restos de paixão sentida
Beijos, abraços, amor, amizade,
Para esta colcha inacabada
Vou juntando retalhos de felicidade!

(Siby)

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Pensamento


Palavras de poeta saem da razão, passam pelo coração e descem com carinho na direção da mão. (Siby)

sábado, 6 de novembro de 2010

A sós com a poesia


Ando muito só e carente
Simplesmente outra na multidão
Entre tanta gente diferente
Acompanhada ou na solidão
Gente indiferente ou sorridente
Cada qual na sua direção
Quero encontrar de repente
O que procura o meu coração
Lembro de um lugar, felizmente
Volto para casa, abro o portão
Vejo as flores, fico contente
Entro, ali encontro então
O que buscava entre tanta gente
Aqui posso abrir meu coração
Dizer tudo o que se sente
A sós, com a poesia, doce emoção!
(Siby)

domingo, 31 de outubro de 2010

Pensamentos

Pensar sempre , é o que a razão ordena.

Quando o coração manda, sempre ele é o culpado dos impulsos, as vezes insensatos da razão.

 Na verdade, a razão tem o cargo de pensar e o coração o de pulsar. 
(Siby)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Preto e Branco

Nem sempre as cores
Por mais contrastantes que forem

Atraem todos os olhares
E sempre há um porém
Entre o preto e o branco
Não sendo multi cores
Distintas, valores contém
O preto abriga amores
No véu escuro que a noite tem
O branco desvenda os pares,
Beijos mostrados,o que é que tem?
Seja um preto e outro branco
O que importa são seus valores.

(Sibylla)


quinta-feira, 28 de outubro de 2010

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Presença do amor


A presença do amor
Dá mais sentido na vida
Amar seja como for
Na felicidade é uma investida
Quando recíproco, é maior
Doce elo, paixão redobrada
Até o céu tem mais cor
E a vida fica mais colorida.
(Siby)

domingo, 24 de outubro de 2010

Pensamento


Como as estrelas tem o seu espaço para brilhar no céu, nós também queremos o nosso espaço para brilhar na terra.
(Siby)